Gestão do Conhecimento: Como criar uma cultura de compartilhamento?

gestão do conhecimento

Gestão do conhecimento nas empresas é uma prática para disseminar informações e crescer mais organizado.

Hoje, é imprescindível que o olhar empresarial esteja voltado para o capital intelectual, ou seja, para as pessoas. A globalização da economia, impulsionada pela tecnologia da informação e pelas comunicações, é uma realidade da qual não se pode escapar.

É nesse contexto que o conhecimento, ou melhor, que a gestão do conhecimento se transforma em um valioso recurso estratégico para a vida das pessoas e das empresas. A criação e a implantação de processos que gerem, armazenem, gerenciem e disseminem o conhecimento representam o mais novo desafio a ser enfrentado pelas empresas.

O conceito de gestão do conhecimento é a prática de agregar valor à informação e de distribuí-la, sendo um conjunto de processos que visa colaborar para a criação, captura e compartilhamento do conhecimento entre as pessoas de uma organização, tendo como objetivo a criação de ferramentas que auxiliem na disseminação destes conhecimentos dentro desta organização.

Capital Intelectual como diferencial competitivo

Grandes empresas em todo o mundo estão abraçando iniciativas de gestão do conhecimento para explorar de maneira inteligente o seu capital intelectual. Hoje, vários executivos já reconhecem que a sua mais importante vantagem competitiva é o capital humano, e buscam maneiras de alavancar o conhecimento interna e externamente para poderem manter sua empresa competitiva.

Para conseguir isso, é preciso investir neste capital intelectual. O treinamento, a intuição, rede eletrônica, cooperação, aprendizado compartilhado entre empresas, funcionários e clientes é a receita que leva a eficácia.

Gerenciar o capital intelectual dentro das empresas será a porta para o sucesso.

A importância do aprendizado empresarial

 

A maneira de aproveitar melhor o conhecimento é estimular e facilitar a troca, o uso e a criação de conhecimento em toda a empresa. Com a gestão do conhecimento, as pessoas são incentivadas a compartilhar aquilo que sabem de forma a criar um ambiente de trabalho no qual toda experiência válida pode ser acessada pelos outros colaboradores e aplicada em suas atividades a fim de elevar a produtividade da companhia.


O caminho é:
identificar proativamente o conteúdo desejado e fazer com que as pessoas contribuam com ideias, através de discussões (on-line ou não) ou envio de materiais. Toda informação coletada deve ser organizada de forma que ela possa ser representada e pesquisada eletronicamente. Sistemas e ferramentas de compartilhamento de conhecimento, bases de conhecimento, taxonomias e outros elementos devem ser projetados para facilitar este processo.

Onde está o conhecimento nas empresas?

O conhecimento possui duas classificações: explícito, codificado ou formal, aquele que se encontra em bancos de dados, manuais, que está acessível às pessoas; e o conhecimento tácito ou informal, que se encontra na cabeça das pessoas, é enraizado na experiência individual, envolve crenças pessoais, perspectivas e valores e de difícil codificação.

Todo o conhecimento explícito existente na empresa pertence também à organização. Em contrapartida, todos os colaboradores que contribuem para esse sistema podem usufruir de todo o conhecimento presente na organização. É por isso que as empresas de sucesso são as que detêm as melhogestão do conhecimentores informações e que saibam controlá-las de forma mais eficaz.

Entender a gestão do conhecimento como um processo que ocorre em toda empresa e é realizado por todos os seus funcionários é essencial para o seu sucesso.

A mudança na cultura organizacional também possibilita às organizações criarem uma cultura de aprendizado contínua para que elas possam estar adaptadas às inúmeras transformações advindas da sociedade, baseada na informação e no conhecimento.

Não se tem uma gestão do conhecimento se não houver gestão da informação, pois muitas empresas utilizam a gestão do conhecimento de forma errada, se saturando de informações e materiais inapropriados para tomada de decisões.

É importante saber gerir as informações para utilizar o conhecimento extraído delas, e armazenar somente o que for necessário, abolindo a ideia de quanto mais informação, mais conhecimento terá. Ferramentas que visam criar, indexar, compartilhar e disseminar o conhecimento entre as pessoas, facilitando na busca de informações e conhecimentos precisos para tomada de decisão, são essenciais na gestão do conhecimento. E esse é o caso da plataforma ÁGIL SOCIAL.

gestão do conhecimento

 

Comments