Como gerenciar seus projetos e não cair no prejuízo

Group of Business People Working on an Office Desk

Empresas criativas e inovadoras adotam práticas igualmente inovadores para conquistarem novos clientes, motivarem a equipe de trabalho e fugirem dos prejuízos. Conheça algumas dessas práticas.

1 – Monitoramento Diário dos Projetos

Elementos importantes como os custos reais, documentos pendentes, informações pendentes, e-mails importantes, gráficos, cronograma, precisam ter um monitoramento diário e não esporádico.

2 – Relação Direta com os Clientes

Empresas criativas não exercem práticas de distanciamento ou super valorização da hierarquia entre funcionários e clientes. Pelo contrário, buscam estratégias para manter um bom relacionamento, com confiança e proximidade.

Só assim podem saber quais são as expectativas que estão depositando na empresa e no próprio projeto.

google

3 – Reuniões Fora do Escritório

É importante buscar alternativas para reunir a equipe em reuniões regulares, que podem acontecer em diversos ambientes, dentro e fora do ambiente de trabalho. Quem disse que novos negócios e novos projetos não surgem dentro de um happy hour.

4 – Práticas Inovadoras de Endomarketing

Motivação é um dos pontos chave de todo projeto. Uma equipe motivada gera melhores resultados. Por isso, o dia da bermuda, o dia da fantasia, a hora do relaxamento, práticas de jogos ou, como falamos anteriormente, as próprias reuniões em ambientes descontraídos, incitam a criatividade e trazem um clima bacana para a empresa. Planejar maneiras de ouvir e compreender as necessidades internas de seus funcionários também é algo que empresas criativas praticam sempre.

5 – Envolva Todos os Funcionários

Certo é deixar que todos saibam do status do projeto e das especificações de cada etapa. Documentar tudo o que foi feito em uma rede social corporativa é o ideal, pois além da maior facilidade no monitoramento e da segurança no armazenamento de informações, os funcionários se sentem parte realmente integrante do projeto.

gestão do conhecimento

Comments